E-mail em desapoio ao Dep. Jean Ui-ui-ui

O texto abaixo foi enviado por mim ao deputado Jean Ui-ui-ui após ele ter xingado o Sr. José Antônio Taschetto Mota, Delegado de Polícia Regional da 20ª DPRI, Cachoeira do Sul, RS.

Para ver a interação pública entre o deputado e o delegado acesse https://goo.gl/CEzqfI

Agora segue a minha pequena contribuição à sociedade brasileira:

“Excelentíssimo Senhor Deputado Jean Ui-ui-ui,

resolvi hoje dar-me ao luxo de reservar algum tempo para dirigir-me, através da vossa página na internet, à Vossa Excelência (ou seria Vossa Onipotência?) com o propósito de deixar-lhe um comentário a vossa altura, que além de deputado, se diz professor.

Sou nordestino tal como V. Exª. Diferente de V. Exª, sou paraibano, campinense. Por fim, sou brasileiro, se não mais, igual à Vossa Excelência.

Desde que tomei conhecimento da vossa existência, ainda quando participavas do programa global BBB, já não simpatizava, sobretudo, porque se deverias representar-me enquanto nordestino, eu não conseguia me identificar nem por um fio de cabelo, quiçá, por vossa postura. Só por isso. Depois, quando pleiteaste vaga na política, indaguei-me: vencerias? Venceste. De algum modo, mais uma vez não me representando, mas… venceste.

Desde então só porcarias, sendo a última delas, pelo menos das que obtive ciência, o teu pronunciamento ao delegado gaúcho alcunhando-o de burro.

O Excelentíssimo Senhor Deputado Jean Ui-ui-ui não permitiu que a humildade e o reconhecimento a outrém superasse o sentimento mesquinho do egoísmo e da arrogância. Reconhecer que o delegado cumpriu, pelo menos dentro do que as suas atribuições o permitia, o seu papel, apreendendo os agentes do violento crime, menores de idade, não foi a atitude priorizada pelo deputado, que em detrimento disto, preferiu criticá-lo e xingá-lo de burro, assim, “da mão para a boca”, sem maiores expectativas de qualquer consequência.

Um pouco confortável foi perceber que mesmo entre os vossos seguidores nas redes sociais, a sua atitude foi majoritariamente reprovada.

Curioso foi perceber que entre os poucos que o apoiaram, havia uma pessoa trans que corroborara a vossa verborragia, afirmando que o delegado fora preconceituoso e desrespeitoso ao referir-se à vítima pelo nome de registro em detrimento do nome social adotado por esta. Mas veja que interessante: para esta sua fã apoiadora, desrespeitoso é referir-se a uma pessoa trans pelo próprio nome de registro, no entanto, chamar de “viado” pode porque isto não é desrespeitoso. É assim que V. Exª. enxerga as coisas também? Porque o que mais se vê atualmente são gays e pessoas trans elogiando uns aos outros pelo vocábulo “viado”.
Como alguém xinga um competente delegado de burro por alegar que este delegado se referiu de maneira desrespeitosa a uma vítima de um crime violento pelo nome de registro e ao mesmo tempo, esta mesma pessoa, se sente elogiada ao ser chamada de viado nas redes sociais? Dois pesos e duas medidas? Palhaçada? Falta do que fazer? Canalhice?

Além disso, ao delegado ter a nobre iniciativa de dirigir-se educada e ponderadamente ao deputado para tratar do assunto, o representante legislativo foi ainda mais asqueroso, mostrando-se um ególatra crônico e degenerativo, inclusive, da sociedade brasileira.

Direi-lhe que trata-se apenas de reprovação: eu reprovo a sua agenda política, reprovo a sua postura de posar de vítima para conquistar regalias e ser arrogante, reprovo a sua falta de bom senso ou que fosse minimamente razoável. Se deseja ser respeitado, dê-se ao respeito em princípio. Se não sabe, dar-se ao respeito não significa ser arrogante, mas ao contrário disso, significa portar-se de forma respeitosa e digna.

Definitivamente, não por sua opção sexual em que V. Exª. costuma pôr a culpa, mas por outras razões sérias, V. Exª. é apenas mais um, parte dos problemas e não da solução desse país.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s